Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia faço um blog

Desculpem lá mas tenho uma opinião diferente - Caso Ídolos.

Eu não era para falar sobe este assunto. Não era mesmo.

Tenho uma opinião muito diferente da opinião das restantes pessoas e, caso debitasse os meus pensamentos aqui, lá teria que chamar de hipócrita a uma vasta quantidade de alminhas.

Vi este post da Maria das Palavras e pensei : epa, espera lá que afinal há alguém a pensar como eu.

Vamos lá rever o vídeo (buuuuhhhh, estás a mostrar o vídeo outra vez...a ridicularizar o rapaz outra vez...a contribuir para o gozo outra vez. Blá blá blá) :

 


Ora bem, se é bonito o que fizeram? Pois claro que não é.

Se o miúdo (que já não é assim tão miúdo com 17 anos) tem razões para se sentir humilhado? Pois claro que tem.

Agora, o cerne da questão: era preciso tanta polémica? Obviamente que não.

A SIC não esteve bem, verdade. Mas sejamos sinceros, somos assim tão hipócritas ao ponto de entender que isto é um programa generalista? É isto que vende. E quem se candidata a este tipo de programas deve ter consciência disso.

Não é por acaso que é um programa que pode ter concorrentes apenas com mais de 16 anos.

É legítimo até que o rapaz não tivesse conhecimento daquilo em que se estava a meter. Mas bolas, a família deveria saber...não?

Depois, outra coisa que me faz muita confusão: ele fecha-se em casa durante três ou quatro dias e depois ressuscita cheio de força para dar entrevistas e dizer de peito feito que vai processar a SIC. A sua família diz com orgulho que não aceitou o pedido de desculpas da SIC e, pelo que se sabe, também não aceitaram a ajuda oferecida pela SIC para acompanhar psicologicamente o rapaz.

Conclusão da história: estão-se a aproveitar à grande desta situação toda.

Eu pelo menos se me sentisse assim tããããooooo humilhada, poderia fechar-me em casa a chorar baba e ranho pela chatice de gozarem com os meus abanicos, e depois voltava à vida...sem entrevistas nem espectáculo associado. Porque acredito que quando uma pessoa se sente ridicularizada que quer tudo menos voltar a relembrar e falar da situação. Faz sentido?

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2