Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia faço um blog

Prefiro o Inverno ao Verão.

Sim, é verdade. Parece mentira mas faço mesmo parte daquele grupo estranho de pessoas que prefere um dia de chuva aos dias em que saímos de casa e derretemos debaixo de temperaturas de quarenta graus.

Claro que gosto de praia, muito aliás. Claro que gosto de dias de sol, gosto de passear e comer gelados. Obviamente que não há nada como uma tarde na esplanada a beber batidos ou uma saída nas noites de verão. Tudo muito bonito, sim senhor.

O que eu não gosto é dos dias em que estão quarenta graus e não há como andar na rua. É que vamos lá ver uma coisa, no Inverno se estiver a chover sabe-nos bem estar em casa. No verão, olhamos pela janela e está um dia tão bonito que nos apetece ir para a rua. E depois? Bom, depois chegamos à rua e está um calor abrasador. Daqueles que nos obriga a entrar nas lojas e fingir que estamos a ver roupa enquanto na verdade estamos apenas a aproveitar o fresquinho do ar condicionado.

Ou então, quando temos mesmo que andar na rua às 15h da tarde e ficamos com a marca das sandálias imprimida nos pés? Não é tão bonito?

Ou melhor: aquela sensação de estar a transpirar por tudo quanto é poro, tal é o calor.

Para aprimorar uma bocadinho a situação, quero relembrar às pessoas que andam de transportes públicos que o verão está a chegar. Sim, é isso que estão a pensar. Um terror.

No verão não tenho vontade de fazer nada, literalmente. Não me apetece comer (o que, pensando bem, até pode ser positivo), não me apetece trabalhar nem estudar. Basicamente só me apetece dormir ou então passar o dia em Albufeira a boiar dentro de água.

O que eu gosto mesmo é do tempo ameno. Daqueles dias em que não sufocamos só de sair à rua e que tenho vontade de fazer qualquer coisa para além de dormir debaixo de uma palmeira à beira da piscina.

Em falta de tempo ameno prefiro o Inverno. Ao menos no Inverno uma pessoa ainda consegue trabalhar. Embrulha-se numa manta e o frio passa. E no verão? Despes tudo o que há para despir e continuas com calor. E as melgas? As melgas, senhores! Eu ainda não comecei a passar pelo problema de todos os anos, mas temo que esteja para breve. Aquelas sacanas adoráveis que, juntamente com os amiguinhos mosquitos, tanto gostam de dar um ar da sua graça no verão. E eu, que sou muito docinha por sinal, lá tenho que andar sempre toda marcada das noites em que elas me sugam mal me apanham distraída.

Tirando estes pequenos detalhes o verão é maravilhoso. Sim, chamem por ele. Metam em tudo o que é rede social #voltaverão #estásperdoado. Não, não está nada perdoado. Deixemos ficar estas temperaturas que está muito bom assim, sim?

Mas sim, chamem-no. Chamem-no e depois não se queixem que ele apareça e que dure quase até ao Natal. Que bonito que vai ser nós debaixo da árvore de natal com uma ventoinha a cada canto. Obviamente que estou a exagerar. Ou então não. Eu até adoro o Verão. Só que não.

 

Pronto, vou parar de me queixar. A sério.

summer2.gif

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2