Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia faço um blog

Uma dúvida escondida num desabafo

Não querendo parecer demasiado fundamentalista, mas sempre tive uma dúvida que me atormentou no que diz respeito ao pessoal da televisão: que raio fazem eles à comida que utilizam nos seus programas?

Já repararam que não há dia em que não passe, em qualquer canal, sugestões de receitas ? Lá aparecem os chefes com as suas receitas sempre apetitosas. Preparam tudo à nossa frente, pois claro, para que a coisa pareça real. Depois do prato preparado, quando chega a parte de colocar a cozinhar, eis que colocam o que havia sido feito naquele momento de lado e lá sacam do prato já feito do dia anterior. 

Aliás, já reparam como até existem programas exclusivamente destinados a comida? Vejamos o caso do Masterchef (que vai começar brevemente na tvi, pela segunda vez).

 

masterchef.jpg

 O mesmo equivale para as novelas, por exemplo.

Ás vezes ponho-me a imaginar o que fazem depois. Será que se sentam todos e se metem na amena cavaqueira enquanto comem o que mostraram aos telespectadores? Não me parece.

Será que distribuem a comida por outras pessoas? Também não me parece.

Provavelmente milhares e milhares de quilos de comida vão para o lixo diariamente. Alimentos que provavelmente fariam diferença a muita gente. Acho que a banalização da comida e dos alimentos está a chegar a um patamar em que já é normal o desperdício. E isso é grave, muito grave.

Ás vezes, quando oiço notícias que apontam para o grande aumento da fome em Portugal, pergunto-me que diferença faria essa comida na vida de tantas pessoas.

Ás vezes, quando vejo pessoas como o Manuel Luís Goucha a apelar para campanhas contra a fome, penso na ironia que é uma pessoa defender com unhas e dentes um programa que é um assumir pleno do consumismo exacerbado e desnecessário e depois, como se nada fosse, une-se a campanhas de apoio a famílias necessitadas.

Não entendo. Mas adoraria entender.

 

6 comentários

Comentar post