Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia faço um blog

Sábados saudáveis com a Gi #4

 Mais um post mega saudável. Simpatia da Gi, como sabem.

 

Boa noite! Hoje trago-vos uma publicação muito rápida para ajudar nas dúvidas que me são postas pelas papas de aveia, já que tenho publicado quase todos os dias esta minha primeira refeição, e como devem fazê-las. Tenho quatro variações dentro desta "categoria":

  1. Papas de aveia tradicionais;
  2. Papas de aveia com claras;
  3. Aveia 'adormecida' (overnight oats);
  4. Papas de aveia com whey;

gi4.jpg

 As papas de aveia, de forma tradicional, são feitas com o farelo ou com os flocos de aveia, finos ou grossos, cozidos em água, chá, leite ou bebida vegetal. Pessoalmente prefiro as minhas cozidas em água, já que depois acabo por adicionar quase sempre um pouco whey (proteína de soro de leite) com algum sabor que goste, para garantir a proteína nessa refeição (também podem optar pelas claras).

 

 

 

Comentários que merecem resposta #2

anonimo2.png

Caro Anónimo, decidi responder ao teu comentário (se me tratas por tu, decidi fazer o mesmo, afinal somos tu cá tu lá) porque acho que devo esclarecer alguns pontos para algumas pessoas que como tu podem ter o mesmo tipo de pensamento.

Ora, comecemos pela questão dos moralismos. O meu problema não é nem nunca foi com os moralistas. O meu problema é sim com os falsos moralistas. Ou seja, com aqueles que apregoam as suas teorias e não as seguem. Eu, felizmente, desde que defendo uma ideia levo-a até ao fim.

Depois, qual é o meu objetivo com este blog? Já o disse anteriormente mas se for necessário repetir, que assim seja. Fi-lo porque gosto de expor as minhas ideias. Sejam críticas, gostos pessoais, seja o que for. Até posso falar da cor azul do céu e de como o som dos passarinhos na primavera me deixa alegre. E então? Desde que fiz o blog, e desde que este espaço me pertence, tenho todo o direito e dizer o que me apetece. Estamos de acordo?

Agora, se meto o bedelho onde quero? Pois claro que meto. E porquê? Porque posso. Tal como tu também podes. Tal como cada um de nós pode. Mas diz-me, meu simpático anónimo, o que estás aqui a fazer senão meter o bedelho aqui nas minhas escritas que nada de positivo têm para dizer ao mundo?

A questão das críticas: aceito-as. Até agora não me recordo de apagar nenhuma. Porém não admito faltas de respeito. Comentários com falta de nível e educação não me parece que seja interessante mantê-los.

Remato com uma ideia que também me faz uma certa confusão. Se o anónimo fofinho (permite-me que te trate assim, com tanta conversa julgo que já temos este grau de intimidade)  acha tãããoooo desagradável a forma como levo este blog, se é tão horrível ler os imensos posts que faço a criticar este mundo e o outro, o que andas aqui a fazer? Vá, antes que me digas que vieste aqui parar por engano, eu relembro-te da tua seguinte frase : "Já vi por aqui imensas críticas..." Ahhhh, seu sacana..apanhei-te!! Ou seja, já cá vieste imensas vezes. Verdadinha?

 

E pronto, agora que estamos conversadinhos, que continuem os posts monstruosos e negativos, que sei que estarás cá batido para os ver.