Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um dia faço um blog

A busca interminável pelo vestido perfeito.

Vou ter um batizado no Domingo. Como bela portuguesa que sou deixei tudo para a última da hora. Ontem lá fui eu enfiar-me no colombo na busca do vestido perfeito.

Entrei motivada e entrei em cada loja com expectativas elevadas. Não queria gastar muito dinheiro mas também sabia que estamos em época de saldos, quem sabe conseguisse uma bela pechincha. Não consegui. Saí de lá furiosa e de mãos a abanar. Mentira. Comprei uma pacote de molas para a roupa e uma blusa a 3.50€ na primark (muito gira, já agora).

Com esta brincadeira toda cheguei ao final do dia sem nada. Nem vestidos nem sapatos.

Para ser sincera acho que o colombo é um pouco disfuncional. Não sei, talvez seja porque prefiro tudo o que é mais pequeno e condensado, mas tenho sempre a sensação que aquilo é uma bela confusão.

Fui para casa deprimida a pensar que fracassei profundamente na minha missão de encontrar um vestido.

Eram 18h30 e a maioria das lojas fechavam às 19h, excepto as dos centros comerciais. Estava bem lixada. Chego à minha rua e começo a entrar desesperadamente em todas as lojas que rodeiam a minha casa. Eu já não queria um vestido perfeito, bastava ser um vestido qualquer e que, de preferência, não me custasse os olhos da cara.

Entretanto entrei na loja que foi a minha salvação. Comprei lá o vestido, já pertinho das 19h, e saí de lá com a sensação de dever cumprido. Ainda aproveitei um desconto de 20% , por isso nem pensei duas vezes.

Depois mostro-vos o vestido. Não é de babar, confesso. Mas é bonito,serve para o efeito, e é daquele género de vestidos que sei que não vou deixar arrumado para nunca mais ser utilizado. É num tom rosa velho e tem uns detalhes engraçados.

Nota mental para o próximo evento: JAMAIS começar a busca pelos grandes centros comerciais. Lojinhas de rua e pequenas revelam-se bem mais proveitosas.

Vamos falar de decoração #1 - Um dia faço um closet.

Não sei se passaram também por essa fase, mas a verdade é que quando eu quando era miúda passei por uma altura em que apanhava tudo o que eram revistas de decoração. Tinha o hábito de pegar nelas e passar horas a escolher o que queria e depois deixava-as discretamente em cima da mesa para que os meus pais vissem.

Aliás, antes de querer ser pediatra quis ser decoradora de interiores. Hoje não sou uma coisa nem outra mas continuo a adorar crianças e a babar-me por decoração. Gosto de me sentir verdadeiramente em casa, de sentir que tudo o que me rodeia me aconchega e que posso realmente chamar de lar.

Ter um closet como deve ser é o meu novo desejo. Queria fugir aos típicos roupeiros (ou armários, caso prefiram chamar assim) que toda a gente tem. Queria mesmo um espaço que fosse designadamente guardado para as minhas mulherices.

Não sei se já conhecem a Homify. É um site que fala de TUDO o que tenha a ver com casas. Descobri um artigo que dá ideias muitos práticas para construirmos os nossos próprios closets sem gastar muito t€mpo (se é que me entendem), de forma prática e ao alcance de qualquer um.

Uma das ideias é aproveitar o sotão. Realmente é algo que nunca tinha pensado. Há muita gente que tem sotãos em casa que não são bem aproveitados, e com alguma paciência pode realmente virar um closet bem catita.

closetsotao.jpgCréditos da imagem: Meine Mobelmanufaktur GMBH/Homify

 

Esta é apenas uma das ideias. O artigo que li apresenta outras bem práticas, mesmo para quem não tem sotão em casa, e que podem ser bem úteis para quem anda com vontade de construir algo funcional e com o seu quê de requinte.  Outra delas é aproveitar um espaço improvável, por exemplo uma dispensa. Mesmo não sendo um espaço propriamente amplo, é ideal para ser aproveitado em termos de organização. Esta ideia da dispensa pode ser ideal por exemplo para a organização de malas, sapatos e bijutaria. Simples, barato e funcional. É o que se quer, certo?

closetdispensa.jpg

Créditos da imagem: Alix Reymond - Architecte/Homify

 

Recomendo que vejam as restantes ideias do artigo onde fui fanar estas imagens, basta clicar aqui.

 

* Rubrica em parceria com a Homify.

As minhas mais recentes aquisições #1

Anteriormente já havia feito aqui um post onde vos mostrei alguns playsuits que estão a preços muito apetecíveis e que podem adquirir via online na Romwe.

Acredito que muitas sejam as pessoas que já quiseram comprar determinado artigo pela internet mas tiveram receio. Acreditem, eu compreendo. Foi há relativamente pouco tempo que comecei a atirar-me para as lojinhas online e começo a perceber que compensam bastante a nível de preço.

Ora, a Romwe é uma das lojas que sempre tive debaixo de olho. Tem imensa variedade de artigos dirigidos a um público alvo jovem e com preços bem aliciantes.

Recebi pela primeira vez uma encomenda deles a semana passada, e decidi fazer este post para vos dar o meu feedback. Neste caso, é um feedback positivo e que me permite dizer que SIM, este é um site seguro. A minha encomenda chegou em duas semanas e o processo foi todo muito simples e sem grandes complicações.

A Romwe enviou-me então estes dois produtos que chegaram na semana passada:

romwe.jpgBom, em relação à primeira escolha: também existia este modelo em preto mas optei pelo branco porque raras são as peças que tenho desta cor. Nesta primeira encomenda não quis arriscar, até porque nunca tive recebido nada da Romwe. Por isso pedi-lhe duas peças simples mas que tivessem algum detalhe diferente. Gostei muito dos detalhes rendados no final e quando a vi ao vivo fiquei agradavelmente surpreendida. O tecido é de facto muito bom! Nota-se que é de qualidade e corresponde totalmente ao que é apresentado no site.

No que diz respeito ao jumpsuit, ainda ando a analisar a melhor maneira de o usar. Confesso que fiquei um bocado desiludida com a qualidade do tecido. Neste caso a culpa foi minha que não verifiquei primeiramente qual era o material da peça (que eles explicitam bem no site) e por isso talvez tenha ficado um pouco desapontada. Não é que seja de má qualidade, mas é uma peça que muito dificilmente dará para conjugar com um outfit mais formal. No entanto é óptimo para o verão, é muito fresco, e será certamente muito utilizado.

Ahhh, em relação ao preços...Não vos quero induzir em erro mas tenho quase a certeza que ambas as peças estão dentro da casa dos 12 euros.

Portanto, está aprovado!

Convido-vos a visitar o site e, maravilha das maravilhas, eles estão a fazer MEGA SALDOS até 80% de desconto. É de aproveitar! Se vos apetecer muitooooo, sou bem capaz de fazer um post com umas sugestões de umas belas apostas entre tudo o que lá está em saldos. Se não vos apetecer sou bem capaz de fazer o post na mesma, por isso...até breve!!

 

*Em colaboração com Romwe.

As segundas-feiras já foram melhores.

Depois de uma noite com duas horas dormidas, acordo às 6h da manhã com dores horríveis numa mão. Na verdade já andava com dores há uns belos dias, que percorriam todo o braço, mas hoje estava especialmente complicado. Tomo um banho demorado visto ter tempo mais que suficiente. Vou tomar o pequeno-almoço e reparo que devia mesmo ter ido às compras no fim de semana. Saio de casa e dirigo-me ao Pingo Doce ao lado da minha casa. Estava fechado. Esperei meia hora e abriu. Comprei o essencial para um pequeno almoço como deve ser.

Pequeno almoço tomado, dou um jeito ao quarto enquanto espero pelas 9h para a reunião que tinha marcada.

Entretanto a pessoa com quem ia ter a dita reunião liga-me a desmarcar. Pede imensa desculpa, talvez tenha tempo de me receber amanhã. Talvez. Adoro este tipo de profissionais.

11 horas da manhã : começo a fazer as malas para ir passar a semana fora. Odeio fazer malas, esqueço-me sempre de algumas coisa. Para variar foi feita em cima da hora.

Às 13h da tarde já estava no metro de Lisboa. Alegria das alegrias : avaria de uma carrruagem na linha vermelha. Quase 1h à espera. Certamente iria perder o comboio, merda.

Chegada ao Oriente compro o bilhete de comboio. Não havia filas, milagre dos milagres! Como ainda tenho tempo, decido ir beber um café. Pior ideia de sempre. Bebi o pior café da minha vida, o meu estômago ficou transformado num molho de bróculos durante o resto do dia.

Não consegui almoçar e tive a tarde toda sem conseguir comer.

Quando chegou a hora de jantar fui eu que cozinhei. Queimei-me três vezes no forno. Seguidas.

Ainda não me deitei, mas temo que qualquer coisa ainda esteja para acontecer. Isto só pode ser o universo a preparar-me para algo especial.

Então a Cristina Ferreira deixou o bom gosto na Tailândia?

Dizem as más línguas que a Cristina Ferreira apareceu na festa da Tvi de pijama/camisa de domir.

Bom, de pijama não digo... Mas que lá que mudou radicalmente a forma como se apresenta, lá isso teremos que concordar. Óbvio que não era uma festa de gala e que é natural as pessoas irem num estilo mais descontraído. No entanto, acho que o pessoal já está tão habituado a ver a Cristina sempre em bom, que quando aparece menos bem é logo um escândalo.

CF.png

 

A Ana aconselha. #1

Adoro teatro, muito mais do que televisão aliás. Desde nova que tenho tido uma relação muito especial com este mundo. Fiz um curso intensivo de técnicas teatrais durante um ano e outro mais curto com cerca de 3 meses. Além disso fui fazendo workshops mais curtos e tive inclusivamente a oportunidade de também experimentar fazer televisão. E é por isso que consigo dizer sem margem de dúvidas qual dos dois mundos prefiro.

Hoje em dia não participo em peças mas não troco uma noite de teatro por nenhum episódio de nenhuma novela deste mundo.

Um dia falo-vos melhor desta minha relação especial com o teatro.

Infelizmente ainda acho que as pessoas continuam a preferir um Domingo a papar das novelas todas da tvi do que uma noite de teatro, apesar de que também acredito que isso esteja a mudar.

Bom, tudo isto para vos dizer que vai entrar em cena uma peça que eu aconselho e que não podem perder.

 

cartaz.jpg

 

 "Don Giovanni ou Imorigerado Imortal" é um drama inspirado no ópera de Amedeus Mozart e estará em cena de 5 de Agosto a 6 de Setembro (de quarta a Domingo às 21h30) no Teatro Thalia em Lisboa e conte com um lote de atores, tais como: Ângelo Rodrigues, Liliana Santos, António Machado, Júlia Belard, Tiago Costa, Sérgio Moura Afonso e Carol Puntel.

Aconselho-vos (mesmo!) a lerem a sinopse para perceberem do que se trata:

don geovanni.png

Eu vou estar presente num dos dias do espetáculo e espero encontrar alguns de vós por lá. Acho que este tipo de iniciativas devem ser partilhadas e devemos fazer um esforço para que o teatro em Portugal continue a ganhar força e visibilidade.

Quanto a mim, sei que vou estar presente numa das cadeirinhas do Teatro Thalia em Lisboa e depois conto-vos o que achei.

Para os interessados em ter uma noite que valerá muito a pena, eis os contactos para reservar bilhetes: reservas@yellowstarcompany.com ou 938666343

 

*em colaboração com Yellow Star Company.

Pág. 1/3