Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia faço um blog

A busca interminável pelo vestido perfeito.

Vou ter um batizado no Domingo. Como bela portuguesa que sou deixei tudo para a última da hora. Ontem lá fui eu enfiar-me no colombo na busca do vestido perfeito.

Entrei motivada e entrei em cada loja com expectativas elevadas. Não queria gastar muito dinheiro mas também sabia que estamos em época de saldos, quem sabe conseguisse uma bela pechincha. Não consegui. Saí de lá furiosa e de mãos a abanar. Mentira. Comprei uma pacote de molas para a roupa e uma blusa a 3.50€ na primark (muito gira, já agora).

Com esta brincadeira toda cheguei ao final do dia sem nada. Nem vestidos nem sapatos.

Para ser sincera acho que o colombo é um pouco disfuncional. Não sei, talvez seja porque prefiro tudo o que é mais pequeno e condensado, mas tenho sempre a sensação que aquilo é uma bela confusão.

Fui para casa deprimida a pensar que fracassei profundamente na minha missão de encontrar um vestido.

Eram 18h30 e a maioria das lojas fechavam às 19h, excepto as dos centros comerciais. Estava bem lixada. Chego à minha rua e começo a entrar desesperadamente em todas as lojas que rodeiam a minha casa. Eu já não queria um vestido perfeito, bastava ser um vestido qualquer e que, de preferência, não me custasse os olhos da cara.

Entretanto entrei na loja que foi a minha salvação. Comprei lá o vestido, já pertinho das 19h, e saí de lá com a sensação de dever cumprido. Ainda aproveitei um desconto de 20% , por isso nem pensei duas vezes.

Depois mostro-vos o vestido. Não é de babar, confesso. Mas é bonito,serve para o efeito, e é daquele género de vestidos que sei que não vou deixar arrumado para nunca mais ser utilizado. É num tom rosa velho e tem uns detalhes engraçados.

Nota mental para o próximo evento: JAMAIS começar a busca pelos grandes centros comerciais. Lojinhas de rua e pequenas revelam-se bem mais proveitosas.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.